Ponte Preta cogita denunciar “gato” e pode mudar resultados das Séries A e B do Brasileirão

  • Por Jovem Pan
  • 04/12/2018 11h09
Divulgação/ GoiásErnandes disputou a Série B pelo Goiás

A Ponte Preta se manifestou rapidamente sobre a suposta escalação irregular de Ernandes, do Goiás, que é acusado de ter adulterado a própria idade. Ou seja, ele pode ser um “gato” no futebol. O clube de Campinas pode ser beneficiado pela polêmica e anunciou que cogita entrar com uma denúncia, o que deve afetar os rebaixamentos e os acessos do futebol brasileiro em 2018.

Diretor jurídico da Ponte, Giuliano Guerreiro disse que a estratégia inicial será esperar uma denúncia do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Mas se isso não acontecer, o clube fará a acusação.

“A Ponte entende que o Goiás tem responsabilidade nessa situação. Até acho que não sabiam, mas existe a responsabilidade. A decisão da diretoria da Ponte é aguardar até quarta-feira (5) para ver se a procuradoria vai oferecer a denúncia. Se eles oferecerem, vamos acompanhar como terceira parte interessada. Caso não, vamos tomar nosso caminho e oferecer a denúncia”, avisou Guerreiro.

Ernandes tem usado uma certidão de nascimento com a data de 11 de novembro de 1987. Mas a suspeita é que ele nasceu em 11 de novembro de 1985. A notícia foi divulgada pela Rádio Central, de Campinas, nesta segunda-feira (3).

Ernandes jogou por 2 times neste ano, Ceará e Goiás. Ambos podem ser punidos, o que mudaria os resultados das Séries A e B do futebol brasileiro. O time nordestino cairia para a segunda divisão, mantendo o Sport na primeira. E a equipe goiana perderia o acesso conquistado até agora, deixando a vaga com a Ponte Preta, 5ª colocada da Série B.