Presidente do Athletico confirma doping de 2 jogadores e assume responsabilidade

  • Por Jovem Pan
  • 13/05/2019 15h52
Athletico/ DivulgaçãoThiago Heleno corre risco de punição

Presidente do Conselho Deliberativo do Athletico, Mario Celso Petraglia falou nesta segunda-feira (13) sobre o doping de 2 jogadores do clube. Thiago Heleno e Camacho foram flagrados por usarem uma substância proibida em jogos da Copa Libertadores. O Furacão assumiu toda responsabilidade pelo que ocorreu.

O Athletico conta que um nutricionista do clube – que já foi demitido – recomendou o uso da substância higenamina em um suplemento para fazer os atletas perderem peso.

E dessa forma os casos de doping surgiram em 2 jogos diferentes. Thiago Heleno foi suspenso desde o duelo de 9 de abril, contra o Tolima. Já Camacho foi pego em jogo contra o Jorge Wilstermann, na Bolívia, no dia 24 de abril, na quinta rodada.

Petraglia espera que essa versão seja suficiente para que os atletas não sejam punidos: “nosso objetivo básico, fundamental e determinante é assumirmos a culpa e a responsabilidade da ocorrência e buscamos de todas as formas e maneiras a isenção dos atletas. Eles foram absolutamente vítimas. A legislação nos obriga e penaliza em função de eles terem ingerido um produto que está listado como impeditivo, que não deveriam ter tomado”.