Ronaldo é internado com forte gripe durante férias em Ibiza

  • Por Jovem Pan com Estadão Conteúdo
  • 12/08/2018 11h08
EFE/ Marcelo SayãoO Fenômeno deve ter alta já nesta segunda-feira (13) após tratar forte gripe

De férias em Ibiza, na Espanha, Ronaldo está internado desde a tarde da última sexta-feira (10). O ex-jogador foi diagnosticado com uma possível pneumonia quando deu entrada na emergência da instituição pública no Hospital de Can Misses, onde ficou até a noite do mesmo dia. Ainda na sexta, o Fenômento pediu alta e ingressou na UTI da Policlínica Nuestra Señora del Rosario, centro médio privado.

No entanto, o diagnóstico inicial não se confirmou e Ronaldo trata de uma gripe forte, que poderia ter evoluído para a pneumonia.

A assessoria de imprensa do ex-jogador informou que a alta dele está prevista para acontecer nesta segunda-feira (13). Ronaldo já deixou a UTI e se encontra em um quarto do hospital particular. “No primeiro hospital em que ele deu entrada, não havia estrutura para interná-lo para tratar esse quadro de gripe grave, por isso ele seguiu para o outro”, explicou a assessoria do ex-jogador.

“Ele foi internado na sexta-feira, com uma gripe bem forte. Ele já está bem e vai ter alta nesta segunda-feira. Não está mais internado, está em um quarto”, disse a assessoria. “Foi tudo controlado para não evoluir para uma pneumonia, não chegou a isso”, relatou a equipe do ex-jogador.

A informação da internação foi publicada pelo jornal espanhol Diario de Ibiza. Atual comentarista da TV Globo em jogos da seleção e empresário, Ronaldo foi ao balneário europeu para curtir as férias.

Nas últimas aparições públicas, o ex-atacante participou da cobertura da TV Globo durante a disputa da Copa do Mundo, realizada entre 14 de junho e 15 de julho, e depois cumpriu compromissos com o Real Madrid, clube que ele defendeu na carreira e do qual é embaixador.

No dia da apresentação de Vinicius Junior no clube espanhol, em 20 de julho, no estádio Santiago Bernabéu, Ronaldo participou da cerimônia e afirmou que o ex-jogador do Flamengo é a “maior esperança do futebol brasileiro”.