Duelo contra o Atlético-MG marca a despedida de ídolo santista da Vila Belmiro

  • Por Jovem Pan
  • 23/11/2018 21h30
Divulgação Santos FCRenato vai se despedir do Santos depois de 423 jogos disputados e 33 gols marcados

O Santos encara o Atlético-MG neste sábado (24), às 20 horas, na Vila Belmiro, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Livre do rebaixamento e sem chances de classificação para a próxima edição da Libertadores da América, o confronto pode não valer nada para o time comandado por Cuca e para a torcida. Mas para Renato, o duelo será especial.

O camisa 8 santista, que irá encerrar a carreira de jogador ao término da competição nacional de pontos corridos deste ano e assumirá o cargo de Executivo de Futebol no clube em 2019, fará sua despedida da Vila Belmiro – a despedida definitiva dos gramados acontecerá no dia 2 de dezembro, na partida contra o Sport, em Recife.

Revelado pelo Guarani em 1996, Renato foi contratado pelo Santos em 2000, onde se destacou rapidamente. Campeão brasileiro em 2002, foi negociado com o Sevilla em 2004. E as boas atuações pelo clube espanhol o levaram à Seleção Brasileira, onde se sagrou campeão da Copa América de 2004 e da Copa das Confederações de 2005.

Após oito anos e inúmeros títulos conquistados (Copa da UEFA 2005/06 e 2006/07, Copa do Rei: 2006/07 e 2009/2010, Supercopa Europeia 2006 e Supercopa da Espanha 2007), retornou ao Brasil para jogar pelo Botafogo. No Rio, conquistou a Taça Rio em 2012 e 2013, Taça Guanabara 2013 e o Carioca do mesmo ano.

Em 2014 anunciou a sua volta ao Santos. E sua segunda passagem pelo clube alvinegro também foi marcada por conquista de títulos: os paulistas de 2015 e 2016. Mas, após ter disputado 423 partidas e marcado 33 gols com a camisa alvinegra, Renato, com 39 anos, decidiu se aposentar do futebol, deixando uma torcida já com saudade de seu futebol.