Presidente do Santos não consegue adiar despedida de Rodrygo, mas tem esperança

  • Por Jovem Pan
  • 23/05/2019 09h20
Ivan Storti/Santos FCÚltimo jogo de Rodrygo pelo Santos pode ser contra o Inter

Se nada mudar nos próximos dias, Rodrygo vai se despedir do Santos neste domingo (26). Ele jogará pelo Peixe, defenderá a Seleção Brasileira sub-23 e depois se apresentará no Real Madrid. O presidente santista, José Carlos Peres, está tentando mudar isso. Mas não conseguiu sucesso por enquanto, mesmo viajando até o Rio de Janeiro para se encontrar com membros da diretoria da CBF.

Peres quer que a CBF o libere de disputar jogos pela Seleção Brasileira sub-23. A princípio, ele disputará o Torneio de Toulon, de 1 a 15 de junho, na França. É uma das principais revelações do futebol brasileira nos últimos anos, então as negociações para liberação estão complicadas. Mas outros times também reclamaram disso, o que pode pesar a favor do Santos.

Se não conseguir a liberação, o Peixe não terá Rodrygo em 4 jogos até a Copa América, sendo 2 diante do Atlético-MG (Brasileirão e Copa do Brasil) e outros contra Ceará e Corinthians. Depois disso Rodrygo já teria que ser liberado mesmo, pelo acordo com o Real Madrid.