Santos e Flamengo fazem ‘guerra fria’ e medem forças no mercado desde o início do ano

  • Por Jovem Pan
  • 31/05/2019 08h30 - Atualizado em 30/05/2019 22h40
Divulgação/SantosSampaoli

Santos e Flamengo estão desde o início do ano participando de uma disputa “mano a mano” no mercado da bola. No início da temporada, Bruno Henrique foi o principal alvo da disputa. Agora, meses depois, rubro-negros e alvinegros voltam novamente a carga um para o time do outro em busca de reforços.

O primeiro a mudar de lado foi Gabriel Barbosa, o Gabigol. Com o fim do empréstimo no Peixe, o prata da casa pegou a ponte aérea e se transferiu para o Flamengo. O Santos até que tentou manter o atacante, mas a preferência do camisa 9 falou mais alto e ele foi vestir o manto rubro-negro. O segundo foi Bruno Henrique, que forçou a barra até se transferir. O Fla fez uma nova investida em atletas santistas e tirou o atacante da Baixada.

Já o Peixe levou a melhor em dois sonhos antigos do Flamengo. O primeiro foi a contratação de Jorge Sampaoli. O nome do treinador sempre agradou muito a nação, inclusive, em situações passadas, teve a chegada especulada na Gávea. No momento em que Santos e Flamengo buscavam um treinador, o Alvinegro foi mais rápido e fechou com o argentino. Enquanto o Rubro-Negro teve que se contentar com Abel, que a essa altura da temporada já não é mais o comandante do elenco do Fla. O segundo foi o empréstimo de Jorge. A cria da base rubro-negra acabou na Baixada, enquanto o Flamengo ainda segue na busca de um lateral-esquerdo.

Segundo round

Agora, já no final do primeiro semestre da temporada, as equipes voltam a agitar uma o mercado da outra. O Peixe já tirou Uribe do Flamengo para ser seu camisa 9. A informação mais recente também dá conta que o time da Baixada quer a contratação de Rodinei, reserva no Fla, para fazer sobra a Victor Ferraz.

Já pelos lados da Gávea, com o pedido de demissão de Abel Braga, segundo informações, a direção rubro-negra tentou sondar Jorge Sampaoli para tirá-lo da Baixada. Agora é preciso esperar as cenas dos próximos capítulos no mercado da bola.