Santos enfrenta adversário sem ritmo de jogo e busca título que consagrou Sampaoli

  • Por Jovem Pan
  • 12/02/2019 11h06
Ivan Storti/Santos FCSampaoli foi campeão da Sul-Americana em 2011

O Santos vai estrear na Copa Sul-Americana, nesta terça-feira (12), e conta com 2 detalhes importantes para se dar bem. Em primeiro lugar, o Peixe tem um técnico que já venceu essa competição, Jorge Sampaoli. E além disso, o Peixe vai começar a campanha contra um adversário que está sem ritmo de jogou e tem pouca tradição internacional, o River Plate do Uruguai.

Sampaoli foi campeão da Sul-Americana em 2011, quando fez a Universidad de Chile jogar um futebol que encantou a todos. Até aquele ano, quando ganhou também o Campeonato Chileno, o técnico ainda não tinha vencido nada tão relevante. Foi ali que começou a consagração de Sampaoli como um dos melhores técnicos da atualidade.

Agora ele voltará a disputar o torneio e terá que lidar com 2 novos desfalques: Luiz Felipe, lesionado, e Cueva, suspenso. Fora esses problemas, a escalação deve ser parecida com aquela que começou o ano e obteve sucesso: Vanderlei; Victor Ferraz, Aguilar, Gustavo Henrique e Orinho; Alisson, Diego Pituca, Jean Mota e Carlos Sánchez, Copete e Derlis González.

O River Plate-URU gera mais dúvidas, pois ainda não começou a disputar partidas oficiais nesta temporada. O Campeonato Uruguaio só vai começar no próximo final de semana. Então a equipe está sem ritmo de jogo e deve ser escalada com Oliveira; Herrera, Silva, Ale e Luis; Calzada, Piriz, Ospitaleche e Mauro da Luz; Juan Manuel e Facundo Vigo.

O River Plate-URU tem pouca experiência internacional e só disputou a Copa Libertadores uma vez. Mas já conseguiu chegar na semifinal da Sul-Americana, em 2009. Agora a equipe tenta reviver esse bom momento. E o técnico Jorge Giordano diz que sabe como vencer o Peixe: “é aproveitando os espaços e pressionando. Vimos tudo que eles jogaram até o momento, que são 7 partidas, e o analisamos para conhecer a equipe”.