Santos vence Corinthians em último jogo antes da pausa para Copa América

  • Por Jovem Pan
  • 12/06/2019 23h25
Divulgação/SantosSantos x Corinthians

O Santos bateu o Corinthians por 1 x 0, gol de Sasha, na noite desta quarta-feira (12), na Vila Belmiro, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro – última antes da pausa para a Copa América.

O Corinthians mais uma vez não conseguiu jogar quando enfrentou os comandados de Jorge Sampaoli. O Timão finalizou apenas duas vezes ao gol adversário em toda a partida; ambas erradas. Já o Peixe tentou acertar a meta de Walter em 16 oportunidades; acertando cinco.

Com ambas equipes com muitos desfalques e já pensando na pausa para a Copa América, o Peixe impôs seu futebol agressivo e dinâmico, contra um Corinthians com claras preocupações defensivas. Carille já na escalação mostrou que o empate o agravada, entrando com Ramiro na ponta direita. Nas últimas partidas, o treinador iniciou com Sornoza e Jadson fazendo dupla no meio campo.

O jogo ofensivo santista, contra a defesa corintiana, transformou o primeiro tempo em claro domínio do Peixe. Foram oito finalizações dos donos da casa, contra apenas uma dos visitantes, nos 45 minutos iniciais.

Na segunda etapa, a pressão santista gerou frutos aos 13 minutos, quando Sasha abriu o marcador.  O Peixe continuou com a posse de bola. Aos 15 do segundo tempo, logo após o gol, marcava 61% de domínio da redonda. O Timão era apático e praticamente não atacava.

O treinador Fábio Carille até que tentou colocar o time para frente depois que já estava perdendo. Pôs Gustavo no lugar de Ramiro, e mais para o fim do jogo tirou Urso e coloco Sornoza, mas de nada adiantou. No fim da partida, a torcida do Santos chegou a gritar “olé”.

Ficha técnica Santos x Corinthians

Santos

Éverson; Victor Ferraz, Aguilar, Gustavo Henrique e Jorge; Alison (Sánchez), Pituca e Jean Lucas (Felipe Jonatan); Marinho (Luiz Felipe), Soteldo e Sasha

Técnico: Jorge Sampaoli

Cartões Amarelo: Aguilar, Victor Ferraz, Sasha e Gustavo Henrique

Corinthians

Walter; Bruno Méndez, Manoel, Henrique e Avelar; Ralf, Junior Urso (Sornoza), Ramiro (Gustagol) e Jadson (Everaldo); Clayson e Vagner Love

Técnico: Fábio Carille

Cartões Amarelos: Bruno Méndez, Danilo Avelar, Vagner Love e Clayson