Derrota obriga São Paulo a acelerar projeto e preparação de 2019

  • Por Jovem Pan
  • 03/12/2018 09h25
Divulgação SPFCRaí já tinha mostrado preocupação com curto prazo para o planejamento de 2019

O São Paulo perdeu para a Chapecoense neste domingo (2) e por isso terá que acelerar o projeto para a temporada de 2019. Sem vaga no G4 do Campeonato Brasileiro, o time vai disputar a 2ª fase da Copa Libertadores, mais conhecida como “Pré-Libertadores”, que já começará no início de fevereiro.

Os jogos de ida da 2ª fase da Libertadores estão previstos para acontecer entre os dias 5 e 7 de fevereiro. Se tivesse entrado no G4 do Campeonato Brasileirão, o São Paulo só começaria na fase de grupos da Libertadores. Então só iniciaria na competição um mês depois, entre os dias 5 e 9 de março. Veja possíveis adversários do Tricolor na “Pré-Libertadores”.

O dirigente Raí já tinha mostrado preocupação com a necessidade de acelerar a preparação: “Quando termina em quinto ou sexto, o que é prioridade passa a ser mais curto prazo, mas no geral não dá para fazer milagre. Tem que seguir sua estratégia”.

O São Paulo ficou em 5º e portanto terá apenas dois meses para buscar reforços e deixar o time pronto para um confronto decisivo. O técnico será André Jardine, que comandou a equipe nas últimas 5 rodadas do Brasileirão, com duas vitórias, um empate e duas derrotas.