Em “decisão”, técnico do São Paulo reencontra time que lhe deu 1ª chance no Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 11/10/2018 10h52
Rubens Chiri / saopaulofc.netAguirre treinou o Inter em 2015 e teve bom desempenho

O confronto entre São Paulo e Internacional, neste domingo (14), será especial para o técnico Diego Aguirre, do tricolor paulista. Além de ter cara de “decisão”, afinal os dois times brigam pelo título, será o reencontro do uruguaio com a equipe que lhe deu a 1ª chance no futebol brasileiro.

Aguirre treinou o Inter em 2015 e fez um bom trabalho. Foi campeão gaúcho batendo o Grêmio e chegou na semifinal da Copa Libertadores. A demissão dele, em agosto daquele ano, foi considerada surpreendente. O time estava em 10º colocado no Brasileirão e ia disputar um Gre-Nal no final de semana.

Naquele momento Aguirre somava 48 partidas oficiais pelo Inter, com 24 vitórias, 15 empates e 9 derrotas. Ou seja, ele saiu com aproveitamento de 60,4% dos pontos.

A diretoria quis apostar em um “fato novo” para ganhar o clássico. Deu muito errado: o Grêmio venceu por 5 a 0. O curioso é que Odair Hellmann, que hoje é técnico efetivo do Inter, comandou aquela equipe como interino. O substituto de Aguirre foi Argel Fucks, que levou o time à 5ª posição no final do Brasileirão.

Depois da demissão no Internacional, Aguirre passou por Atlético-MG e San Lorenzo-ARG. Foi contratado pelo São Paulo, fez o time evoluir, mas tem recebido críticas recentemente. A queda de rendimento do time precisa ser estancada justamente na “decisão” contra o ex-clube de Aguirre.