Principal disputa do São Paulo em 2019 será entre Diego Souza e Pablo

  • 08/01/2019 09h12
Rubens Chiri / saopaulofc.netPablo foi um investimento pesado do São Paulo

O São Paulo contratou 7 jogadores, manteve a base do time de 2018, então está cheio de opções para formar o time de 2019. Tudo indica que a maior dúvida será para escolher o centroavante principal. Afinal Diego Souza foi bem no ano passado, mas Pablo foi contratado e fará uma disputa forte por espaço.

Em 2018, Diego Souza e Pablo fizeram exatamente a mesma quantidade de gols no Brasileirão, 12. Diego tem a vantagem de já estar adaptado ao São Paulo e entrosado com grande parte do elenco. E apesar da queda de rendimento do Tricolor na reta final do ano passado, ele manteve um bom rendimento, inclusive com 2 gols nos últimos 5 jogos. A fase é boa.

Mas o momento de Pablo também estava ótimo no Athletico-PR. Além dos gols no Brasileirão, ele marcou 5 vezes na Copa Sul-Americana, sendo decisivo no título do Furacão. Por isso o São Paulo pagou 6 milhões de euros para contratá-lo. E com tanto investimento, Pablo terá que receber chances de se firmar no São Paulo.

Também é possível que o técnico André Jardine tente escalar os 2 juntos no setor ofensivo. Para isso Diego Souza pode ser deslocado para o meio-campo ou então Pablo pode ir para a ponta direita. Seriam testes válidos, já que são jogadores importantes. Mas o meio-campo é um setor que tem forte concorrência para Diego, já que Hernanes e Nenê jogam ali. E Pablo sempre rendeu melhor como centroavante, sendo apenas razoável em outras posições que já jogou.

Questionado sobre o assunto, Diego Souza deixou a missão nas mãos do treinador: “Quem tem de pensar muito nisso é o Jardine. O Pablo é um grande jogador, teve uma temporada brilhante e espero que ele nos ajude a conquistar os objetivos. Quanto mais forte nosso time ficar, mais perto vamos estar de alcançar as nossas metas”.