Morre operário que caiu de altura de 8 metros em obra da Arena Corinthians

  • Por Agencia EFE
  • 29/03/2014 18h04

São Paulo, 29 mar (EFE).- O operário Fábio Hamilton da Cruz, que trabalhava nas obras de construção da Arena Corinthians, sede da partida de abertura da Copa do Mundo deste ano, morreu neste sábado ao cair de uma altura de oito metros.

Fábio trabalhava na montagem das arquibancadas temporárias da parte sul do estádio, segundo um comunicado da construtora Fast. No momento do acidente, o trabalhador usava todos os equipamentos obrigatórios de segurança, ainda de acordo com a nota.

O operário recebeu os primeiros socorros no local do acidente e foi levado para o hospital Santa Marcelina, onde morreu horas depois, informaram porta-vozes do centro médico.

Pouco depois do acidente, o corpo de bombeiros de São Paulo informou que a queda do trabalhador aconteceu de uma altura de 15 metros, mas mais tarde a construtora corrigiu a informação.

Fábio era empregado da WDS, contratada pela Fast para a instalação das duas arquibancadas temporárias, cada uma com 10 mil assentos, que estão sendo instaladas no Arena Corinthians para aumentar a capacidade do estádio durante o Mundial.

O acidente deste sábado fez subir para sete o número de trabalhadores mortos em obras dos 12 estádios que receberão jogos da Copa. Três delas acontecerão na arena localizada em Itaquera, na zona lesta de São Paulo. Em novembro, dois operários faleceram após a queda de um guindaste. Houve ainda uma morte no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, e três na Arena da Amazônia, em Manaus. EFE