Muntari bate em dirigente, Boateng xinga técnico e dupla é expulsa de Gana

  • Por Jovem Pan
  • 26/06/2014 09h01
Gana conseguiu levar perigo ainda no primeiro tempoConfira as emoções de Alemanha x Gana em imagens

Dois dos principais jogadores da história recente do futebol ganês, o volante Sulley Muntari e o meio-campista Kevin Prince-Boateng estão fora da Copa do Mundo. Em comunicado divulgado em seu site oficial, nesta quinta-feira, a Associação de Futebol de Gana (GFA, na sigla em inglês) informou que os dois atletas foram expulsos da delegação por atos de indisciplina com a comissão técnica.

Titular e um dos destaques da equipe africana diante de Estados Unidos e Alemanha, Muntari já não poderia enfrentar Portugal, nesta quinta-feira, por ter recebido seu segundo cartão amarelo diante da seleção germânica. E, na última terça-feira, o volante colocou ponto final em sua participação na Copa ao, segundo a GFA, ter agredido Moses Armah, membro do Comitê Executivo da Associação.

Após a agressão, o atleta do Milan foi prontamente afastado da delegação ganesa, que está em Brasília para o duelo com o time luso, às 13 horas (de Brasília), no Mané Garrincha. O volante, de 29 anos, disputa pela terceira vez um Mundial, tendo participado das campanhas de 2006 e 2010.

Kevin Prince-Boateng, por sua vez, não agrediu fisicamente ninguém, mas também foi expulso do grupo. O meio-campista, atualmente no Schalke 04, xingou o treinador da seleção africana, Kwesi Appiah, e foi outro prontamente suspenso. Sem credenciais, os atletas sequer poderão acompanhar a Copa nas arquibancadas dos estádios.

O elenco de Gana já havia chamado atenção nos bastidores durante esta semana, ameaçando não entrar em campo diante de Portugal por falta de pagamento de premiação. Com isto, os mandatários da GFA providenciaram avião com U$S 3 milhões (aproximadamente R$6,6 milhões) para desembolsar aos atletas.

Mesmo após sucumbir diante dos Estados Unidos (2 a 1) e empatar com Alemanha (2 a 2), a seleção ganesa segue com chances de avançar no Grupo G. Para isso, preciso triunfar sobre Portugal e ainda torcer por vitória germânica sobre o time norte-americano.

Craques da Copa
Confira o que passa pela cabeça dos melhores jogadores do torneio