‘NBA caiu como uma luva no Brasil’, diz representante sobre crescimento de fãs

  • Por Jovem Pan
  • 03/06/2019 12h01
WARREN TODA / EFEMarca inaugurou, na última quinta (30), a NBA House, espaço interativo com lojas, transmissões de jogos e desafios de habilidades

Com mais de 30 milhões de fãs no Brasil e audiência crescente nas transmissões de suas partidas, a NBA, liga de basquete norte-americana, segue conquistando e investindo nos torcedores locais. O head da liga no país, Rodrigo Vicentini, afirma que a organização quer aumentar ainda mais a base de aficcionados por aqui.

“É uma marca muito ‘sexy’, caiu como uma luva no Brasil”, diz Rodrigo Vicentini, em entrevista ao Morning Show. “Aqui é o país do futebol, mas as pessoas gostam de esportes. Ao mesmo tempo, a marca NBA é muito forte, então fica fácil aliar uma coisa a outra”.

Para impulsionar ainda mais a adesão do público brasileiro ao esporte, a marca inaugurou, na última quinta (30), a NBA House, espaço interativo com lojas, transmissões de jogos e desafios de habilidades.

O espaço, localizado no estacionamento do Shopping Eldorado, em São Paulo, tem 3000 metros quadrados e fica aberto até o próximo dia 16. A expectativa dos organizadores é receber cerca de 25 mil pessoas.

“As pessoas gostam do estilo de vida da NBA. Vestir a camisa dos times, dos jogadores, ir para a balada trajando um uniforme de uma equipe famosa”, afirma Vicentini. “A casa ajuda nisso, ali você tem um produto totalmente voltado ao fã, que é o centro da nossa operação”.

Com um escritório aberto há 7 anos no país, a liga de basquete também investe na prática do esporte. Dois projetos bancados pela organização levam jogadores iniciantes e intermediários a tentarem a carreira na NBA.

“Ter os brasileiros lá incentiva muito os meninos que estão aqui a pensarem alto”, diz o representante sobre os jogadores que atuam pela liga norte-americana. “Eles veem o cara que saiu daqui jogando entre os melhores. Com certeza é um estímulo muito grande”.

O título da temporada está sendo disputado neste ano pelo atual bicampeão, Golden State Warriors, e o canadense Toronto Raptors. Na série de sete jogos, o placar está em 1 a 1.