Britânica vira pilota de desenvolvimento da Williams na Fórmula 1

  • Por Jovem Pan
  • 20/05/2019 15h54
Williams/ DivulgaçãoJamie Chadwick tentará melhorar carro da Williams na temporada

A Williams anunciou, nesta segunda-feira (20), a chegada de uma mulher à Fórmula 1. A britânica Jamie Chadwick será pilota de desenvolvimento da equipe, tanto em pista quanto na fábrica, ou seja, em simuladores, além de atividades de marketing da marca.

“Fico feliz em confirmar que Jamie Chadwick se juntou à Williams Racing Driver Academy no papel de pilota de desenvolvimento”, declarou a vice-diretora da escuderia britânica, Claire Williams, para dar as boas-vindas à britânica de 21 anos.

Chadwick lidera a W Series, competição de monomotores que tem apenas mulheres competindo, e que em outros anos obteve bons resultados em diversas categorias. Foi campeã britânica de GT4 em 2015 e da Fórmula 3 britânica em 2018, além de ter vencido a Série de inverno MRF 2018/2019.

A Academia Williams Racing Drives foi berço de desenvolvimento de pilotos históricos da Fórmula 1 como Jenson Button, Nico Rosberg, David Coulthard, Nico Hulkenberg e Valtteri Bottas.

“É uma grande honra me juntar à Williams Racing Driver Academy. O tempo no simulador é uma oportunidade fantástica para me ajudar no meu desenvolvimento”, declarou a britânica, que se juntará ao canadense Nicholas Latifi, outro integrante da academia e atual piloto reserva do time.

Com EFE