Escolhidas por estudantes japoneses, mascotes para Tóquio 2020 são reveladas

  • Por EFE
  • 28/02/2018 11h09
FRANCK ROBICHON / EFENomes dos dois mascotes dos Jogos Olímpicos de Tóquio ainda serão definidos em eleição no Japão

Dois personagens de estética futurista e inspirados pelo anime foram escolhidos como mascotes para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, em uma votação realizada em milhares de escolas de todo o Japão, segundo revelou nesta quarta-feira (28) a organização do evento esportivo.

Os dois projetos vencedores, de tons azul e rosa, representam “a tradição e a inovação” do país asiático, segundo a definição da organização, e impôs uma grande diferença os outros dois personagens concorrentes, ganhando com 53% dos votos.

As mascotes vencedoras receberam um total de 109.041 votos, quase o dobro dos 61.423 do segundo lugar, que apresentava um estilo mais tradicional, representando o fogo e o vento, e muito longe da terceira colocada (35.291), composta por uma raposa – kitsune – e o guaxinim – tanuki -, duas criaturas do folclore japonês.

O resultado da votação foi anunciado em uma cerimônia realizada no colégio Hoyonomori, do distrito de Shinagawa (Tóquio), com a presença de centenas de estudantes, além dos autores dos desenhos.

O ilustrador japonês Ryo Taniguchi, criador das mascotes vencedoras, levou um prêmio da organização e se mostrou “surpreso” e “grato” pelo resultado da votação.

O personagem azul escolhido para mascote dos Jogos Olímpicos “pode se deslocar para qualquer lugar instantaneamente”, enquanto a rosa, dos Paralímpicos, “pode falar com as pedras e com o vento”, explicaram os organizadores das Olimpíadas.

Aproximadamente 17 mil escolas do ensino fundamental do Japão participaram da votação, representando cerca de 70% dos colégios deste tipo no país, assim como alguns unidades japonesas no exterior.

Está previsto que o painel de seleção de Tóquio-2020 escolha o nome das mascotes nos próximos meses, com o qual pretende promover o envolvimento das crianças com o evento olímpico.

Os três finalistas foram escolhidos entre um total de 2.042 desenhos feitos em cidades de todo o Japão, antes da votação final entre os estudantes.

O comitê organizador já apresentou em abril de 2016 o logotipo eleito para as Olimpíadas, após descartar o emblema selecionado inicialmente por conta de um suposto plágio.