Force India é 2ª equipe a mudar de nome na Fórmula 1

  • Por Jovem Pan
  • 06/02/2019 10h35
DivulgaçãoForce India começou a passar por mudanças em 2018

Mais uma equipe mudou de nome na Fórmula 1. A Force India agora passará a se chamar Racing Point em 2019. Já havia expectativa de alguma mudança na equipe, porque o comando foi alterado em meados do ano passado.

A então Force India passou a enfrentar problemas financeiros graves no início da temporada passada, ao mesmo tempo em que o seu proprietário, o indiano Vijay Mallya, encarava problemas na Justiça. Diante das dificuldades para se manter na F-1, o time entrou em administração judicial em julho.

No mês seguinte, um consórcio liderado pelo empresário e bilionário canadense Lawrence Stroll assumiu a gestão do time. Lawrence, que é pai do piloto Lance Stroll, acabou trazendo o seu filho para o time, para formar dupla com o mexicano Sergio Pérez.

Na reta final da temporada 2018, a Force India passou a se chamar Racing Point Force India, o que até gerou polêmica na categoria por causa das premiações da F-1. Poderia configurar a entrada de uma nova equipe e, pelas regras, um time só pode levar a premiação ao fim do seu terceiro ano na disputa. Sem maiores mudanças em seu nome, a Racing Point vai lançar o seu carro para a temporada 2019 no dia 13, próxima quarta-feira.

A lista da FIA ainda confirmou nesta quarta o nome Alfa Romeo Racing no lugar da Sauber, que segue como o nome da empresa detentora do time. Mas a marca italiana vai nomear também o chassis do carro, algo inesperado até então, descaracterizando o time suíço.

Com Estadão Conteúdo