Golden State Warriors vence Jogo 4, “varre” Cavaliers e conquista o título da NBA

  • Por Estadão Conteúdo
  • 09/06/2018 11h42
EFEKevin Durante e Stephen Curry fizeram a diferença para o Warriors fechar a série em 4x0 e ficar com o título

O Golden State Warriors está criando uma nova dinastia na NBA e isso pode ser comprovado nesta temporada. Assim como o Boston Celtics em várias décadas, o Chicago Bulls nos anos 90 e o Los Angeles Lakers nos anos 2000, o time de Oakland mostra ser dominante com a conquista nesta sexta-feira de seu terceiro título nos últimos quatro anos. De forma arrasadora, derrotou o Cleveland Cavaliers por 108 a 85, no ginásio do rival, e “varreu” a série decisiva por 4 a 0.

A taça é a sexta da história da franquia – as duas primeiras foram como Philadelphia Warriors e as outras quatro já como Golden State Warriors. Nas últimas quatro temporadas, o time de Oakland disputou a final contra o Cleveland Cavaliers – fato inédito na NBA – e só perdeu a decisão em 2016.

Quem esperava por uma reação inédita do Cleveland Cavaliers ou um ato heroico de LeBron James se frustrou diante do eficiente jogo coletivo do Golden State Warriors nesta sexta-feira. A conquista serviu para validar uma carreira já estrelada do armador Stephen Curry, com 37 pontos no duelo que valeu o título, em sua quarta decisão. Desta vez, comprovou seu valor depois uma exibição bem abaixo do seu nível no confronto anterior, quando marcou apenas 11 pontos. Só no primeiro quarto nesta sexta anotou 12.

Na defesa, o Golden State Warriors mostrou a sua força. Kevin Durant deu três dos 13 tocos do time, sendo um deles em LeBron James, e fez uma forte marcação em cima do craque adversário, revezando principalmente com Andre Iguodala. O ala ainda se manteve como uma arma ofensiva importante, como aconteceu no Jogo 3. Terminou com um “triple-double” (dois dígitos em três fundamentos) com 20 pontos, 10 assistências e 12 rebotes.

No lado do Cleveland Cavaliers, o melhor momento na partida aconteceu no segundo quarto, quando conseguiu tirar uma desvantagem de mais de 10 pontos e virou em 39 a 38. Mas parou por aí, pois o Golden State Warriors voltou a dominar as ações, retomou a vantagem no placar e não a perdeu mais – chegou a abrir 28 pontos no final do terceiro período.

LeBron James, o astro do Cleveland Cavaliers que pode ter feito a sua última partida pela franquia, anotou “apenas” 23 pontos, pegou sete rebotes e deu oito assistências, mas cometeu seis desperdícios de bola. Pelo time de Ohio, sofreu a segunda varrida em uma final – o mesmo aconteceu em 2007 contra o San Antonio Spurs, quando estreou nesta fase decisiva da NBA.