Hamilton passa Bottas na largada e vence o milésimo GP da história da F1

  • Por Jovem Pan
  • 14/04/2019 12h17
Diego Azubel/EFEPentacampeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton é o atual líder do Mundial de Pilotos

Pentacampeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton voltou a fazer história ao vencer neste domingo o GP da China, em Xangai, que foi palco da milésima corrida da categoria máxima do automobilismo. Depois de ultrapassar o finlandês Valtteri Bottas na largada, o inglês foi dominante para conquistar a sua 75ª vitória na F1 e ainda assumir a liderança do Mundial de Pilotos

O triunfo fez o britânico alcançar os 68 pontos e ficar seis à frente de Bottas, o seu companheiro de Mercedes, agora segundo colocado do campeonato e que também fechou a prova chinesa na segunda posição. Já o alemão Sebastian Vettel, que completou o pódio pela Ferrari, contabiliza 37 pontos e está atrás também do holandês Max Verstappen, da Red Bull, que soma 39 e obteve o quarto lugar na madrugada deste domingo (no horário de Brasília).

“Não foi o mais forte dos finais de semana, mas que resultado fantástico para a equipe”, comemorou Hamilton. “O Valtteri também foi muito veloz todo o fim de semana e conseguir uma dobradinha no GP 1 000 é muito especial”, reforçou.

Bottas, por sua vez, lamentou o fato de que um erro cometido já na largada acabou sendo fatal para que não pudesse lutar pela vitória na China. “Eu perdi na largada. O carro estava se comportando bem e o ritmo (dele e de Hamilton) foi bem parecido”, afirmou o finlandês. “Uma pena pela largada, acabei patinando o pneu na linha de chegada (da reta dos boxes) e perdi lá”, completou.

E a Ferrari voltou a protagonizar uma polêmica em relação às ordens de equipe ao pedir para Leclerc abrir passagem e ceder o terceiro lugar a Vettel já na 11ª volta na China. Irritado, o monegasco chegou a reclamar pelo rádio do seu carro e depois ainda foi prejudicado por uma estratégia de troca de pneus que o fez perder muito tempo e acabou sendo determinante para que terminasse a prova em quinto lugar, atrás de Verstappen.

No fim das contas, a dupla ferrarista fechou a prova chinesa atrás do holandês da Red Bull na classificação do campeonato.

*Com informações do Estadão Conteúdo