Hoje na Seleção, goleiro supera doença crônica e brilha com defesas absurdas no futsal

  • Por Jovem Pan
  • 28/03/2018 11h21
DivulgaçãoEx-goleiro do Corinthians, Careca se consolidou como um dos melhores goleiros de futsal do Brasil

A cabeça sem cabelo e as sobrancelhas inexistentes chamam a atenção, mas são nos calos das mãos que estão os segredos de Fernando Lopes Pereira. Portador de alopecia universal, doença crônica que provoca a perda total dos pelos do corpo, o Careca, como é (e gosta de ser) chamado, venceu o preconceito e hoje brilha como um dos melhores goleiros de futsal do Brasil.

Por trás das defesas absurdas que frustram rivais e levaram o arqueiro de 28 anos à Seleção está uma história de vida inspiradora (veja os lances incríveis no fim do texto).

Aos dois anos, Fernando foi vítima de um ataque de cachorro. Do trauma emocional provocado pela agressão surgiu a alopecia, distúrbio que mudou a vida do então pequeno garoto e o obrigou a conviver, desde os sete anos de idade, com a ausência total de pelos no corpo – a doença é a mesma que acometeu o ex-goleiro do Corinthians Ronaldo Giovanelli.

Careca, corinthians, futsal

A discriminação existiu, é claro, mas Careca nunca se deixou abalar por ela. Pelo contrário: utilizou-a como combustível para vencer na vida. “Hoje, eu sou mais chamado de Careca do que de Fernando”, contou o goleiro, em entrevista à TV Record no meio do ano passado.

“Me chamavam de Dr. Abobrinha (personagem interpretado por Pascoal da Conceição em Castelo Rá-Tim-Bum”), de Kojak (personagem interpretado por Telly Savalas na série de mesmo nome), mas eu não ligava. Eu assumia os apelidos. Sempre usava essa artimanha de não me levar tanto a sério”.

Deu certo.

Hoje, Fernando virou um exemplo e conta a própria história de vida para crianças e jovens que enfrentam o mesmo problema de saúde. “A aceitação é uma coisa muito importante. As pessoas têm de entender que a vida é muito mais do que ter cabelo, sobrancelha ou qualquer coisa do tipo”.

Se a resiliência foi a marca da trajetória pessoal, o talento explica o sucesso profissional de Careca. Dono de reflexo chocante e de uma técnica apuradíssima, o goleiro chama a atenção pela quantidade de defesas difíceis que costuma fazer por jogo.

Recém-contratado pelo Atlântico Erechim, do Rio Grande do Sul, o ex-goleiro do Corinthians é especialista em intervenções à queima-roupa e já conta com uma coletânea de lances plásticos – daqueles capazes de render milhares de visualizações na internet. Não à toa, foi campeão da Liga Nacional em 2016 e hoje é presença constante nas convocações da Seleção Brasileira.

Assista às defesas mais espetaculares de Careca no vídeo abaixo!