Primeiro treino do GP do Brasil é liderado por atual recordista do autódromo de Interlagos

  • Por Jovem Pan
  • 09/11/2018 13h18
Fórmula 1/ DivulgaçãoVerstappen (dir.) em Interlagos, antes dos treinos

Atual recordista da pista de Interlagos, o holandês Max Verstappen manteve a boa fase e foi o mais rápido do primeiro treino livre do Grande Prêmio do Brasil, nesta sexta-feira (9). Ele fez uma volta em 1min09s011. Com tempo nublado, temperatura de 20 graus, a disputa não teve nenhum acidente de maiores proporções.

Verstappen conseguiu o recorde de corridas em Interlagos na prova de 2017, com 1min11s044. Nesta temporada, ele está em boa fase, pois conseguiu um segundo lugar no Estados Unidos e uma vitória no GP do México.

Nesta sexta, o segundo lugar do treino livre ficou com o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, com 1min09s060, seguido pelo pentacampeão Lewis Hamilton (1min09s107). O quarto colocado foi Daniel Ricciardo, da Red Bull (1min09s395). O australiano, porém, teve de mudar um componente do motor de seu carro e por isso vai perder cinco posições no grid de largada.O finlandês Kimi Raikkonen, com mais uma atuação empolgante em um treino pela Ferrari, ficou em quinto lugar (1min09s573), à frente do seu compatriota Valtteri Bottas, da Mercedes (1min09s679). O francês Romain Grosjean foi o sétimo (1min09s922) e o dinamarquês Kevin Magnussen, seu companheiro de Hass, o oitavo (1min10s236). O monegasco Charles Leclerc ficou em nono (1min10s346) com a sua Sauber e o francês Esteban Ocon fechou o grupo dos dez primeiros ao cronometrar 1min10s361 com a sua Force India.

O espanhol Fernando Alonso, que conquistou seus dois títulos mundiais em Interlagos, não participou do primeiro treino livre. O piloto da McLaren, de 37 anos, vai se despedir da categoria após o GP de Abu Dabi, no próximo dia 25.

A prova no domingo promete ser bastante disputada, pois já este primeiro treino mostrou equilíbrio no desempenho dos principais pilotos. Hamilton, pentacampeão por antecipação, soma 358 pontos, seguido por Vettel, que tem 294. A disputa pelo terceiro lugar deverá ser intensa. Raikkonen acumula 236, enquanto Bottas tem 227. O quinto é Verstappen, com 216.

No Mundial de Construtores, a Mercedes está bem próxima do título, com 585 pontos. A Ferrari tem 530, enquanto a Red Bull soma 362.

Os carros voltam para a pista de Interlagos nesta sexta-feira para a segunda sessão dos treinos livres, que começa às 15 horas No sábado, a terceira sessão está prevista para às 12h, com uma hora de duração. O grid de largada será definido a partir das 15h. A corrida, no domingo, tem previsão de largada para as 15h10. O 47º GP do Brasil de Fórmula 1 terá 71 voltas.