Retardatário ‘tira vitória’ de Verstappen, e campeão Hamilton triunfa no Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 11/11/2018 16h57
Rafael Arbex/Estadão ConteúdoPentacampeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton venceu a 72ª corrida da carreira neste domingo, em Interlagos

Duas semanas depois de faturar o pentacampeonato mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton provou que tem estrela e venceu o Grande Prêmio do Brasil, neste domingo, em Interlagos – foi a 72ª vitória da carreira do inglês e segunda no País-natal de seu ídolo, Ayrton Senna. Mas, se durante toda a temporada, Hamilton esbanjou talento e competência para ganhar mais da metade das corridas, nesta tarde, o piloto da Mercedes contou com uma enorme parcela de sorte.

Isso porque o nome da corrida parecia ser Max Verstappen. Ousado como sempre, o jovem de 21 anos, que largara em quinto, voou baixo durante toda a prova e levantou a torcida ao ultrapassar Sebastian Vettel e Lewis Hamilton.

O holandês chegou a assumir a liderança, mas foi bizarramente prejudicado por um retardatário na metade final da corrida. Mais precisamente no 45º giro, Esteban Ocon tentou ultrapassar Verstappen e tirar a volta de prejuízo, mas tocou no piloto da Red Bull, que rodou e perdeu a ponta para Lewis Hamilton. O francês, é claro, foi punido com uma parada de 10s nos boxes – além de receber ‘todo o carinho’ de Verstappen após a prova.

A lambança de Ocon muito provavelmente custou o triunfo ao piloto da Red Bull. Mas não um lugar no pódio ao holandês, que chegou em segundo. Kimi Raikkonen ficou em terceiro, Daniel Ricciardo, em quarto, e Valtteri Bottas, em quinto.

O triunfo de Hamilton e a quinta posição de Bottas deram à Mercedes o pentacampeonato consecutivo no Mundial de Construtores – e aumentaram para dez anos o jejum da Ferrari sem uma conquista na principal categoria do automobilismo.

Confira a classificação final do GP do Brasil abaixo!