Segundo laudo de mulher que acusa Neymar de estupro não atesta lesões

  • Por Jovem Pan
  • 07/06/2019 09h00
Reprodução/SBTÚnico dano verificado na avaliação, que está com a Polícia Civil, foi em um dedo da mão da modelo

A modelo Najila Trindade, de 26 anos, que acusa Neymar de estupro durante um encontro com o atacante em Paris, foi submetida a um exame de corpo de delito após registrar boletim de ocorrência sobre o caso e, segundo informações do portal UOL, não teve lesões na genitália encontradas pelos peritos.

O único dano verificado na avaliação foi em um dedo da mão da modelo. Najila, no entanto, já havia feito outro exame, em 21 de maio, pouco menos de uma semana após ter se encontrado com o jogador na capital francesa. O laudo de então havia detectado hematomas, problemas gástricos, perda de peso e sintomas de stress pós-traumático.

Segundo as informações do site, o médico responsável pelo primeiro exame, feito no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, prestou depoimento na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, nesta quinta (6). O profissional confirmou a versão do laudo que emitiu na ocasião.

Também nesta quinta, novas supostas mensagens trocadas entre a modelo e o atleta foram divulgadas pelas TV Globo e RecordTV.

O diálogo exposto pelas emissoras, ao que parece, aconteceu depois do segundo encontro. Na troca de mensagens, Neymar diz “vc pedia mais” ao ser questionado pela modelo sobre as supostas agressões. Najila rebate o atleta e diz que pediu para ele parar.

A expectativa é de que Najila seja ouvida nesta sexta (7) na delegacia que investiga o caso. Esta será a primeira vez que ela prestará depoimento à delegada Juliana Lopes.