Atentado com carro-bomba em Istambul foi cometido por suicida

  • Por EFE
  • 10/12/2016 20h02
Estádio atingido por carro-bomba em Istambul - Twitter

O carro-bomba que explodiu neste sábado (10) perto do estádio do Besiktas no centro de Istambul foi um atentado suicida, afirmou o ministro do Interior da Turquia, Süleyman Soylu, logo depois que chegou à cidade.

Soylu confirmou que houve duas explosões e indicou que se estima que pelo menos uma foi causada por um suicida, mas não atribuiu a responsabilidade a nenhuma organização.

“Em breve faremos uma declaração detalhando se há mortos”, acrescentou enquanto se deslocava ao local da explosão.

Anteriormente, o mesmo ministro tinha afirmado que pelo menos 20 policiais ficaram feridos no atentado, que aconteceu pouco depois do final de uma partida entre Besiktas e Bursaspor.