Alexandre de Moraes diz não ter dúvidas de que reforma da Previdência será contestada na justiça

  • Por Jovem Pan
  • 20/02/2019 18h06
Marcelo Chello/Estadão ConteúdoMinistro falou com a imprensa antes de sessão plenária do Supremo

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta quarta-feira (20) que é questão de tempo até que a reforma da Previdência seja alvo de contestações no Poder Judiciário, seguindo tendência história no caso de emendas constitucionais. O projeto foi apresentado mais cedo pelo presidente Jair Bolsonaro.

“Que vai ser judicializada, eu não tenho nenhuma dúvida, porque todas [as emendas] foram [contestadas], pelo menos um ponto ou outro. Na verdade, acho que de todas as emendas, não só de Previdência, só umas quatro ou cinco não foram judicializadas, as outras todas foram. Mais ou menos se criou um padrão”, disse, antes de sessão do STF.

O ministro confirmou que participará da reunião, às 19 horas, com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do STF, Dias Toffoli, que questionado não quis comentar sobre a pauta do encontro. O convite para se reunir com Guedes foi estendido a todos os ministros do Supremo. Edson Fachin também já confirmou presença.

*Com informações da Agência Brasil