Aliado de Doria, Marco Vinholi será o novo presidente do PSDB em SP

  • Por Jovem Pan
  • 06/12/2018 18h02
Renato Cerqueira/Estadão ConteúdoVinholi também será secretário de Desenvolvimento Regional na gestão de João Doria em São Paulo

O deputado estadual Marco Vinholi vai assumir a presidência do PSDB no estado de São Paulo no ano que vem. Ele também vai compor a gestão do novo governador paulista, João Doria, como secretário de Desenvolvimento Regional.

A escolha aumenta o poder de controle que Doria tem reunido na máquina tucana e marca o fim da “Era Geraldo Alckmin”, que predominou no partido ao longo dos últimos oito anos. Candidato derrotado à presidência, Alckmin teve uma das piores votações da sigla.

Com esse controle, o grupo do ex-prefeito da capital ganha musculatura para disputar o comando nacional da legenda, cujo pleito será feito em maio. A convenção estadual acontecerá dois meses antes, pelo calendário previsto.

Bruno Araújo

Em entrevista, Vinholi lançou o nome do deputado federal Bruno Araújo, derrotado em Pernambuco na disputa ao Senado, como candidato à presidência nacional do PSDB, cargo que hoje pertence a Geraldo Alckmin e já foi de Aécio Neves.

Araújo é o preferido de Doria para o posto, mas sofre resistência de tucanos “históricos” que querem impedir o avanço do governador eleito de São Paulo sobre o partido. Aliados de Alckmin tentam convencer para a disputa o senador Antonio Anastasia (MG).

“Doria passou a ser a principal liderança nacional. É natural que haja mais membros ligados a ele na executiva. Bruno Araújo é nosso candidato a presidente nacional do PSDB”, disse Vinholi nesta quinta-feira (6).

*Com informações do Estadão Conteúdo