Apoiadores de Bolsonaro arrecadam R$ 1,3 milhão para a Santa Casa de Juiz de Fora

  • Por Jovem Pan
  • 10/12/2018 19h03
FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDOBolsonaro foi encaminhado ao hospital após levar facada em ato pelas ruas da cidade

Apoiadores do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) organizaram uma campanha de arrecadação de fundos para a Santa Casa de Juiz de Fora, instituição mineira em que o então candidato da corrida presidencial foi tratado após levar uma facada em ato na cidade. Nesta segunda-feira (10), o hospital divulgou o balanço final da mobilização: 54.905 pessoas participaram e conseguiram levantar R$ 1.306.269,00.

O número foi revelado por Renato Villela Loures, presidente do estabelecimento, em coletiva de imprensa. De acordo com ele, a campanha foi organizada nas redes sociais, de maneira voluntária e espontânea, pelos eleitores que espalharam a ideia compartilhando em suas próprias páginas um número de conta bancária para doações. O dinheiro será usado integralmente na construção de um novo CTI (Centro de Terapia Intensiva).

A “vaquinha” surgiu quando o próprio Bolsonaro tentou doar sobras de sua campanha para a Santa Casa, mas foi impedido por conta da legislação eleitoral.

O então candidato foi esfaqueado em um atentado no dia 6 de setembro e imediatamente levado ao hospital. Ali, realizou a primeira cirurgia e, no dia seguinte, foi transferido para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo.