Após aceno de Doria, Skaf nega que desistirá da disputa ao governo de SP

  • Por Estadão Conteúdo
  • 22/06/2018 20h32
Antonio Cruz/ Agência BrasilPaulo Skaf recusou oferta de vaga ao Senado feita por João Doria

O pré-candidato do MDB ao governo de São Paulo, Paulo Skaf, negou a possibilidade de desistir da disputa para se aliar ao PSDB.

Nesta sexta-feira (22), o ex-prefeito João Doria, pré-candidato tucano à sucessão estadual, sugeriu que Skaf aceitasse uma das vagas ao Senado em nome de uma união. O gesto de Doria foi interpretado por aliados como uma posição de manter as portas abertas para uma aliança.

“Meu nome estará na urna eletrônica no dia 7 de outubro como candidato a governador de São Paulo”, respondeu Paulo Skaf em nota enviada ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado. Ele destacou que o MDB já marcou para o dia 28 de julho a convenção partidária para lançar oficialmente sua candidatura.

Skaf tem procurado destacar que irá para a disputa mesmo concorrendo com chapa pura, diante da possibilidade de não atrair outras legendas.