Após atentado, dois alunos de escola em Suzano ainda estão internados

  • Por Jovem Pan
  • 21/03/2019 10h11
Marcello Zambrana/Estadão ConteúdoColégio Raul Brasil foi reaberto no início desta semana para professores, funcionários e alunos

Dois estudantes ainda continuam internados na enfermaria do Hospital das Clínicas de São Paulo após saírem feridos do massacre que aconteceu no dia 13 em uma escola estadual de Suzano. Ambos apresentam condições estáveis de saúde.

O colégio Raul Brasil foi reaberto no início desta semana para professores, funcionários e alunos. As aulas, no entanto, ainda não foram retomadas. Nesta quarta, um culto ecumênico foi celebrado no pátio do colégio em homenagem às vítimas do atentado.

A escola também está recebendo pintura e equipamentos novos, como parte de uma revitalização proposta pela Secretaria de Educação ao local. Psicólogos ainda ajudam no trabalho de readaptação do público depois da tragédia.

O massacre de Suzano, um dos maiores da história do país, foi cometido por dois ex-alunos do Raul Brasil, de 17 e 25 anos, que entraram no colégio armados e mataram oito pessoas. Os dois atiradores morreram logo após a ação.

Com Agência Brasil