Associações de imprensa lamentam morte de Ricardo Boechat

  • Por Jovem Pan
  • 11/02/2019 16h41
Reprodução/Facebook

As principais associações de jornalistas e órgãos de imprensa do Brasil apresentaram notas de pesar após a morte do jornalista Ricardo Boechat, na tarde desta segunda (11).

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), lembrou dos mais de 40 anos de carreira do apresentador e enviou “seu profundo pesar e toda solidariedade aos familiares, amigos e colegas de Ricardo Boechat”.

“Sua habilidade em se comunicar com o público é um legado que fica para a história da comunicação do país”, também afirmou, em nota, a Associação Brasileira  de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert).

Em mais de quatro décadas de carreira, o jornalista passou por veículos como O Globo, Revista IstoÉ, O Estado de S. Paulo, O Dia e Jornal do Brasil. Nos últimos anos, ele comandava as bancadas de jornais na Band e na rádio Band News FM.

Boechat também foi vencedor de importantes prêmios do jornalismo brasileiro, como o Comunique-se. A organização do evento apresentou nota de pesar após a morte do apresentador. “Ricardo Boechat praticava um jornalismo sério, responsável e digno. Nesse momento de dor e consternação, registramos os nossos sentimentos a todos os colegas, amigos e familiares.”

O acidente que matou Ricardo Boechat aconteceu em São Paulo, no Rodoanel. Ele estava em um helicóptero que perdeu o controle e se chocou com uma carreta que trafegava na via. Além do jornalista, o piloto da aeronave também morreu na queda.