Em recuperação judicial, Avianca cancela voos internacionais; saiba como conseguir reembolso

  • Por Jovem Pan
  • 17/01/2019 15h53
André Gustavo Stumpf - FlickrEmpresa tem dívida de R$ 500 milhões e deve apresentar projeto de recuperação judicial até o dia 31 de janeiro

Avianca, que entrou em processo de recuperação judicial no fim de 2018, anunciou agora o cancelamento de uma série de voos internacionais. A empresa reembolsará os passageiros que sairiam de Congonhas, em São Paulo, com destino a Santiago (Chile), Miami e Nova York (EUA). As viagens para estes destinos deixarão de ser feitas a partir de 31 de março.

Para os clientes que tem passagens compradas, a companhia entrará em contato com os passageiros para tentar resolver cada caso individualmente e, caso seja possível, redirecioná-los para outras empresas.

“A empresa segue focada em garantir a sustentabilidade do negócio e em manter a excelência do atendimento, que está em seu DNA. Reforça que todos os demais 26 destinos estão preservados e que continua operando normalmente, com mais de 240 voos diários”, diz a nota. A empresa manterá os voos internacionais para Bogotá, na Colômbia.

Ao todo, as dívidas da Avianca – que é a quarta maior companhia aérea do Brasil – somam mais de R$ 500 milhões. O processo de recuperação judicial da empresa chegou a ser suspenso na última segunda-feira (14). Ações de reintegração de posse também foram suspensas até 1º de fevereiro.

Para além disso, a companhia deverá apresentar até o dia 31 de janeiro uma proposta para a sua recuperação judicial. A Avianca ainda prometeu que pagará as parcelas do leasing (aluguel) de aeronaves que vencerão no dia 1 de fevereiro.

*com informações da Agência Brasil