Bloco da Ludmilla reúne 1 milhão de pessoas, mas é encerrado após confusão

  • Por Jovem Pan
  • 05/03/2019 12h54
ALEXANDRE DURÃO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDOFolião foi agredido por mais de dez policiais

O bloco de Carnaval “Fervo da Lud”, comandado pela cantora Ludmilla, parecia ser um grande sucesso na manhã desta terça-feira (5), no Rio de Janeiro, mas uma confusão interrompeu tudo, por volta das 12h20 (de Brasília). Os organizadores informaram que mais de 1 milhão de pessoas estavam acompanhando o show.

Ludmilla teve show interrompido

Ainda não há informações oficiais sobre o que gerou o tumulto. Ambulâncias tiveram que entrar no meio da multidão para socorrer pessoas que estavam passando mal.

Enquanto a apresentação da Ludmilla acontecia, as pessoas começaram a correr e houve a explosão de um rojão. A cantora pediu para todos se acalmarem, mas não adiantou. Então o show foi interrompido.

A polícia teve que intervir e, com ajuda de seguranças, criou um cordão de isolamento para controlar a população. Outros tumultos aconteceram mesmo assim, então os policiais começaram a soltar bombas de efeito moral para dispersar as pessoas.

Quando a confusão parecia controlada, a Polícia entrou em confronto com alguns foliões específicos, mais exaltados. Um deles chegou a ser agredido por cerca de dez policiais armados com spray de pimenta e cassetetes.

O bloco foi oficialmente encerrado às 12h45, mas estava previsto para acontecer até 14h.