‘Boechat não poupava opiniões e falava para incomodar’, lembra Ruy Castro

  • Por Jovem Pan
  • 11/02/2019 15h41
Agência EstadoJornalista tinha 66 anos e era âncora de jornais da Band e BandNews FM

Em entrevista à Jovem Pan nesta segunda (11), o jornalista e escritor Ruy Castro lembrou do contato profissional que teve com o apresentador Ricardo Boechat, morto em um acidente de helicóptero no início da tarde. Os dois trabalharam juntos na rádio BandNews FM.

“Ele não poupava opiniões, soltava os cachorros mesmo e falava para incomodar”, recordou Castro. “Fora que ele era estupidamente bem articulado. Me encantava a absoluta clareza com que ele falava sobre determinados assuntos todo dia de manhã. A percepção era de que ele tinha acordado cedo e escrito aquele texto, mas não”.

Boechat, que tinha 66 anos, foi uma das vítimas fatais do helicóptero que se chocou com uma carreta ao cair no acesso à Rodovia Anhanguera, no quilômetro 7 do Rodoanel.

Além de Boechat, o acidente deixou um morto e um ferido. As identidades dessas outras vítimas ainda não foram reveladas.