Brumadinho: número de mortos sobe para 150; desaparecidos ainda são 182

  • Por Jovem Pan
  • 06/02/2019 13h05
Fernando Moreno/Estadão Conteúdo

As equipes de busca da tragédia em Brumadinho informaram nesta quarta (6) que o número de mortos encontrados subiu para 150. Os bombeiros de Minas Gerais ainda procuram 182 pessoas desaparecidas no rompimento da barragem.

Os oficiais já contabilizam 134 corpos identificados pelo Instituto Médico Legal e entregues às famílias.

Os últimos mortos foram encontrados nas regiões onde ficavam o estacionamento, o vestiário e a estação de tratamento de minério da barragem. Os locais aparecem nas filmagens divulgadas na última semana, que mostram o momento exato em que a lama de rejeitos se espalha.

Segundo o tenente Pedro Aihara, porta-voz dos Bombeiros, cerca de 400 homens em 48 equipes ainda trabalham na região. As chuvas que atingem a cidade dificultam o processo. “Estamos trabalhando com 25 máquinas para retirar a lama, que em alguns trechos está bastante profunda e mole”, afirmou o oficial. “Há lugares em que estamos demorando o dobro do tempo normal para trabalhar”.

A represa de Brumadinho, que pertence à Vale, rompeu no último dia 25, liberando 12 milhões de metros cúbicos de rejeitos minerais. A área administrativa da empresa, propriedades da cidade e o Rio Paraopeba, que corta a região, foram atingidos.