Ceará: 23 detentos fogem da cadeia em meio a onda de ataques criminosos

  • Por Jovem Pan
  • 07/01/2019 18h57
José Cruz/Agência Brasil Alvo de ataques, ônibus estão sendo escoltados na região metropolitana de Fortaleza

Em meio a uma onda de ataques criminosos que se iniciou nesta semana por todo o Ceará, 23 detentos fugiram de uma cadeia pública em Pacoti – a 122 quilômetros de Fortaleza. Eles tomavam banho de sol, na manhã desta segunda-feira (7), e decidiram pular o muro da prisão, segundo a secretaria estadual de Administração Penitenciária.

Ao pular o muro e driblar a segurança do local, os detentos tiveram acesso à área externa da cadeia e conseguiram sair sem grandes obstáculos. De acordo com o governo cearense, procedimentos de busca já foram iniciados, mas ainda não há informações sobre recapturados. A Força Nacional e a Polícia Federal reforçam o patrulhamento do estado.

Ataques

Desde o primeiro ato violento, no dia 2 de janeiro, o total de ataques registrados no Ceará chegou a 144, segundo dados do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A recorrência dos crimes, segundo a pasta, diminuiu após a chegada de tropas da Força Nacional e da PF, enviadas após apelo do governador Camilo Santana (PT).

A Força Nacional está realizando ações de patrulhamento ostensivo, preventivo e repressivo em pontos como terminais rodoviários e vias de grande circulação. A previsão é que de permaneça no Estado por até 30 dias, prazo que poderá ser prorrogado. O planejamento das operações está sendo feito pela Polícia Militar do estado do Ceará.

*Com informações da Agência Brasil