Defesa de Lula pede participação em julgamento de recurso no STJ sobre triplex

  • Por Jovem Pan
  • 23/04/2019 12h22
Ricardo StuckertAdvogados tentam rever a condenação do petista, de 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Os advogados do ex-presidente Lula pediram que fossem incluídos na sessão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que julgará o recurso apresentado ao caso “triplex do Guarujá”. A defesa tenta rever a condenação do petista, de 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A análise será feita pela Corte nesta terça (23).

Na petição, os advogados de Lula afirmam que não foram avisados sobre o julgamento e que obtiveram, no gabinete do relator do caso, o ministro Felix Fischer, a informação de que não havia previsão para a análise nas próximas sessões.

Segundo os advogados, a subprocuradora-Geral da República, Aurea Lustosa Pierre, também encaminhou ao STJ uma manifestação “para assegurar a participação da Defesa, com publicação de pauta”.

O recurso apresentado por Lula ao STJ pede que a condenação dele no caso seja revista, uma vez que o Supremo Tribunal Federal (STF) atribuiu à Justiça Eleitoral a competência para julgar casos relacionados a campanhas.

Em parecer encaminhado ao STJ no inicio do mês, o Ministério Público Federal (MPF) se posicionou contrário à solicitação do ex-presidente.

Com Estadão Conteúdo