Divulgação de mensagens de Moro é terrorismo político, diz senador

  • Por Jovem Pan
  • 12/06/2019 16h39
Jefferson Rudy/Agência SenadoO senador Marcos Rogério (DEM-RO) criticou a divulgação das mensagens trocadas entre Sergio Moro e Deltan Dallagnol

Durante pronunciamento nesta quarta-feira (12), o senador Marcos Rogério (DEM-RO) classificou como terrorismo político a interceptação e a divulgação de diálogos entre o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, quando ainda exercia cargo de juiz federal, e integrantes do Ministério Público ligados à operação Lava Jato, entre eles o procurador Deltan Dallagnol.

O parlamentar afirmou que a divulgação das conversas é um processo criminoso de enfraquecimento das investigações e do sistema democrático brasileiro, planejado pelo o que ele chamou de “esquerda xiita” ou de “esquerdopatas”.

“A esquerda das facadas, dos golpes rasteiros, da invasão de privacidade, do terrorismo, não merece a mínima confiança. Com o crime, não se negocia”, disse.

Marcos Rogério afirmou ainda que não há nada de ilegal, quando se analisa o teor das mensagens interceptadas e divulgadas pelo site The Intercept. Ele aproveitou para lembrar que, se houver algum indício de irregularidade nos diálogos, há meios para penalizar quem extrapolou os limites da lei.

*Com Agência Senado