Doria anuncia mais cinco nomes; ministro de Temer será secretário do Turismo

  • Por Jovem Pan
  • 06/12/2018 13h49
Marcelo Chello/Estadão ConteúdoEquipe já possui cinco ministros do atual governo

O governador eleito por São Paulo, João Doria (PSDB), divulgou nesta quinta-feira (6) os nomes de mais cinco integrantes de sua equipe. O tucano anunciou Patricia Ellen como secretária de Desenvolvimento Econômico (área que engloba ciência, tecnologia e trabalho), Célia Parnes como secretária de Desenvolvimento Social, Vinicius Lummertz como secretário do Turismo, Milton Luiz de Melo Santos como presidente da DesenvolveSP e Jorge Damião como presidente do Memorial da América Latina.

Patricia, de 40 anos, é membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República, co-fundadora do Movimento Agora e foi nomeada em 2016 Jovem Líder Global pelo Fórum Econômico Mundial. Célia, 52 anos, atuou por mais de 20 anos na UNIBES e implantou unidades de Serviço de Assistência Social a Famílias e Instituições de Longa Permanência para Idosos no município de São Paulo.

Vinicius, 58, por sua vez, foi presidente da Embratur, secretário nacional de Políticas de Turismo do Ministério do Turismo, secretário de Planejamento em Santa Catarina e diretor técnico do Sebrae Nacional no governo FHC. Ele é o atual ministro do Turismo de Michel Temer (MDB).

Milton, 67, já esteve à frente da CREDIREAL, da Caixa Econômica Federal e do Banco Nossa Caixa SP. Atualmente é presidente da Associação Viva o Centro. Por fim, Damião, 61, foi secretário de Esportes na gestão Doria na prefetura e secretário adjunto das Prefeituras Regionais e Esportes na gestão Serra/Kassab.

Quinto ministro de Temer em São Paulo

Com Lummertz, a equipe de Doria já inclui cinco ministros de Temer. Antes, o futuro governador já havia anunciado o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, para a Secretaria dos Transportes Metropolitanos; o atual ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, para a Casa Civil; Sérgio Sá Leitão (Cultura) para a Secretaria da Cultura; e Rossieli Soares (Educação) para a mesma pasta.