Escolas públicas e pelo menos 33 colégios particulares de SP devem aderir à greve

  • Por Jovem Pan
  • 12/06/2019 17h31
Dênio Simões/Agência BrasíliaEntre os colégios privados que já aprovaram a greve estão o Equipe, Oswald de Andrade, Notre Dame, Escola da Vila, São Domingos, Vera Cruz e Santa Cruz

Pelo menos 33 colégios particulares de São Paulo resolveram suspender ou interromper parcialmente as suas atividades nesta sexta-feira (14), em razão da greve que irá ocorrer no país. Os professores das redes municipal e estadual de São Paulo também estão mobilizados para paralisar as atividades das escolas públicas.

Segundo o Sindicato dos Professores de São Paulo (Sinpro-SP), entre os colégios privados que já aprovaram a greve estão o Equipe, Oswald de Andrade, Notre Dame, Escola da Vila, São Domingos, Vera Cruz e Santa Cruz. Em alguns deles, as atividades só serão suspensas em um período ou para alguma etapa de ensino.

O Colégio Santa Cruz, no Alto de Pinheiros, zona oeste da capital, diz que os professores decidiram participar da greve, aderindo de forma parcial. Por isso, as aulas estão mantidas.

Já no colégio Equipe, em Higienópolis, no centro da capital, a direção enviou aos pais uma carta nesta terça-feira (11), comunicando a adesão dos professores e funcionários e a suspensão das aulas. A reposição do dia letivo já foi marcada para o dia 29 de julho.

A escola de educação infantil Jacarandá, no Pacaembu, decidiu pela suspensão das aulas sob a justificativa de que a greve de várias categorias, como bancários e trabalhadores dos transportes públicos, “compromete as possibilidades de deslocamento na cidade e a segurança de todos”.

Luiz Barbagli, presidente do Sindicato, disse que mais escolas devem paralisar as atividades. “Muitos professores ainda estão fazendo assembleia e se organizando para enviar cartas aos pais e à direção dos colégios para informar a decisão”.

Além dos já citados, também devem aderir os colégios Alecrim; Ânima; Arco; Aretê; Arquidiocesano; Arraial das Cores; Bakhita; Casa de Aprendizagens; Criarte; Espaço Brincar; Fazendo Arte; Garcia Yago; Giordano Bruno; Gracinha; Hugo Sarmento; Invenções; Ítaca; Lycée Pasteur; Maria Boscovitch; Micael Waldorf; Ofélia Fonseca; Politetia; Pré-escola Quintal do João Menino; Santi; Viva e Waldorf São Francisco.

* Com informações do Estadão Conteúdo