‘Estamos fazendo o dever de casa’, diz Bolsonaro sobre devolução de dinheiro ao governo

  • Por Jovem Pan
  • 13/06/2019 16h24
José Cruz/Agência BrasilAnúncio foi feito ontem pelo ministro Paulo Guedes; dinheiro é oriundo das "pedaladas fiscais" de Dilma

O presidente Jair Bolsonaro comentou, nesta quinta-feira (13), em sua página no Twitter, o anúncio feito pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, da devolução de R$ 3 bilhões da Caixa Econômica ao governo federal. “Estamos fazendo nosso dever de casa”, comemorou.

Segundo Bolsonaro, o dinheiro será usado para aliviar a dívida pública, que refere-se a todas as dívidas contraídas pelo governo para financiamento do seu déficit orçamentário, nele incluído o refinanciamento da própria dívida.

O dinheiro é oriundo das manobras fiscais que ficaram conhecidas como “pedaladas” e levaram ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco do Brasil devem seguir o mesmo caminho, afirmou o presidente.

A declaração foi feita ontem em evento que também teve a presença do presidente da Caixa, Pedro Guimarães. Ele afirmou que o banco será o primeiro a iniciar os pagamentos da dívida. De acordo com ele, a Caixa pagará inicialmente R$ 3 bilhões dos R$ 40 bilhões devidos nessa modalidade.

Até o fim do ano, a Caixa pretende devolver R$ 20 bilhões ao Tesouro Nacional.