‘Favela é lugar de paz’, canta MC Rodson, baleado em ação policial no Rio de Janeiro

  • Por Rafael Iglesias
  • 06/11/2018 18h37 - Atualizado em 14/11/2018 19h11
Reprodução/Facebook'Por aqui está tudo lindo', dizia funkeiro em fotos no Complexo da Maré

“Favela, lugar de paz, alegria para as crianças”, diz a letra de uma das músicas de MC Rodson. Aos 30 anos, ele foi – triste e ironicamente – baleado na comunidade em que vive na madrugada desta terça-feira (6), durante ação policial em favelas do Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro.

O MC passeava com seu cachorro na rua onde mora quando um projétil de arma de fogo atravessou seu pulmão. Ele foi socorrido e levado imediatamente ao Hospital Municipal Evandro Freire, onde passou por uma cirurgia. O quadro de saúde dele é considerado estável.

No momento da bala perdida, por volta da 1h30, policiais militares trocavam tiros com traficantes. No final da operação, três suspeitos haviam sido detidos e 300 quilos de drogas, apreendidos. Além de Rodson, outras sete pessoas ficaram feridas e mais duas morreram.

Rodson Soares Gomes entrou no mundo do funk há 9 anos com o objetivo de “relatar o que acontece na comunidade”. No Facebook, ele faz questão de ressaltar que “não faz apologia ao crime, não faz apologia ao tráfico”. Nas principais redes, ele soma 751 mil seguidores.

Bope participou da operação nas favelas

A ação policial durou mais de 12 horas. Cães treinados, equipes do policiamento de Choque e Batalhão de Operações Especiais (Bope) conseguiram apreender uma pistola e um fuzil e até mesmo uma granada. Uma moto e um colete à prova de balas também foram recolhidos.

Depois de duas horas de tiroteio, moradores do Complexo da Maré protestaram na Avenida Brasil, queimando materiais na pista em direção à zona oeste, que ficou interditada. Alguns motoristas precisaram sair do local em ré.

Ainda não há previsão de alta para funkeiro

Após a confusão, a equipe de MC Rodson agradeceu aos fãs pelas mensagens de apoio. “Ele, graças a Deus, saiu da sala de emergência e está no momento na sala de observação. Infelizmente ainda não temos previsão de alta”, diz a mensagem publicada nas redes.

Ainda não é possível saber se o tiro que atingiu o funkeiro partiu da arma de policiais ou de criminosos. O caso, porém, deve ser investigado pela Polícia Civil e o projétil retirado de Rodson pode ser encaminhado à perícia.

Queremos agradecer a todas as mensagens de apoio ao Mc Rodson.Ele graças a Deus saiu da sala de emergência e esta no…

Publicado por MC Rodson em Terça-feira, 6 de novembro de 2018