Físico e astrônomo brasileiro Marcelo Gleiser recebe Prêmio Templeton

  • Por Jovem Pan
  • 19/03/2019 11h12
Reprodução / FacebookCientista é conhecido no meio acadêmico por admitir e estimular a possibilidade de diálogo entre ciência e religião

O físico e astrônomo brasileiro Marcelo Gleiser foi anunciado nesta terça (19) como o vencedor do Prêmio Templeton, considerado o “Nobel da Espiritualidade”. Ele será o primeiro latino-americano a receber a premiação, criada em 1972.

Gleiser tem 60 anos, vive nos EUA e dá aulas no Dartmouth College, em Hanover, New Hampshire. No Brasil, o cientista lançou livros de cosmologia como “Ilha do Conhecimento”, “A Dança do Universo” e “Criação Imperfeita”, além de apresentar séries de TV sobre física e astronomia. Ele ainda é conhecido no meio acadêmico por admitir e estimular a possibilidade de diálogo entre ciência e religião.

“O caminho para a compreensão e exploração científica não é só sobre a parte material do mundo. Minha missão é fazer as pessoas entenderem que a ciência é só uma maneira de nos envolvermos no mistério de quem somos”, disse o cientista no vídeo de divulgação da premiação. “Espero continuar fazendo esse trabalho para o benefício de todos”.

O título, concedido a trabalhos, descobertas e pessoas com destaque na dimensão espiritual da vida humana é concedido pela fundação britânica John Templeton e já premiou nomes como Madre Teresa de Calcutá, Dalai Lama e Desmond Tutu.

Pelo prêmio, o físico receberá 1,1 milhão de libras esterlinas (R$5 milhões). A cerimônia de entrega será em 29 de maio em Nova York.