Grávida é baleada e morre no Rio; após cesária bebê permanece em estado grave

  • Por Estadão Conteúdo
  • 12/03/2018 13h46
Raphael Alves/ TJAMUma cesariana de emergência foi realizada para a retirada do bebê, que estava com 25 semanas de gestação
Uma gestante foi baleada e morreu em Padre Miguel, na zona oeste do Rio, na manhã desta segunda-feira, 12. Dandara Damasceno, de 21 anos, foi atingida por um tiro na face e encaminhada para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, mas não resistiu. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, Dandara já chegou morta.

Uma cesariana de emergência foi realizada para a retirada do bebê, que estava com 25 semanas de gestação. O recém-nascido está em estado grave, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do hospital.

A Polícia Militar afirmou, em nota, que o 14º Batalhão de Polícia Militar foi informado que uma mulher foi ferida por disparo de arma de fogo e deu entrada no hospital. Segundo o comando do batalhão, não era realizada operação do batalhão no momento em que a grávida foi atingia. Também não houve registro de ocorrência na região.

Apesar da intervenção federal, o Rio de Janeiro viveu mais um fim de semana de violência. Após um sábado com registros de assassinatos e assaltos, o domingo, 11, amanheceu com intenso tiroteio na comunidade da Rocinha, na zona sul da capital.