Jovem morre após agressão da PM em carnaval de São Luiz do Paraitinga

  • Por Jovem Pan
  • 06/03/2019 15h57
Divulgação/YoutubePolícia interveio após briga gerar confusão na Praça do Coreto

Um adolescente de 16 anos morreu após intervenção da Polícia Militar para separar uma briga durante o carnaval de São Luiz do Paraitinga, interior de São Paulo. O epísódio aconteceu no final da noite de terça-feira, 5.

Testemunhas disseram que Gabriel Henrique Alves Galhardo foi agredido por policiais com cassetete. Ele teria sido golpeado na parte superior do crânio e caiu. Na queda, ele bateu a cabeça de novo. Gabriel não estava envolvido na briga, mas tentava afastar um amigo da confusão quando a PM interveio. Os agentes também utilizaram spray de pimenta para separar a briga.

A Secretaria da Segurança Pública do Estado disse que o caso foi registrado como morte suspeita pela Polícia Civil de São Luiz do Paraitinga, que iniciou investigação e solicitou imagens das câmeras de segurança instaladas na praça.

A Polícia Militar informou ter atuado para separar uma briga generalizada e que também apura a ação de seus agentes.

O carnaval das marchinhas de São Luiz do Paraitinga é um dos mais badalados do interior e, este ano, atraiu quase 100 mil pessoas. O jovem que morreu motava em Taubaté, cidade da região, e acompanhava uma banda na Praça do Coreto quando a briga começou, por volta das 23h.

Em nota, a prefeitura lamentou a morte do adolescente e se solidarizou com a família. Informou ainda que todas as medidas foram tomadas para garantir a segurança do evento e que acompanha a investigação do caso.

O corpo de Gabriel estava sendo velado por familiares e amigos, nesta quarta-feira, 6, em Taubaté. O sepultamento estava previsto para as 16h30, no Cemitério Colina da Paz. A página do adolescente na rede social Facebook foi transformada em memorial.

*Com informações do Estadão Conteúdo