Mais Médicos: 30% dos inscritos não se apresentaram para trabalhar

  • Por Jovem Pan
  • 15/12/2018 11h32
Marcos Santos/USP ImagensVagas foram abertas após saída de médicos cubanos do programa

Cerca de 30% dos inscritos para ocupar vagas deixadas por cubanos no programa Mais Médicos não se apresentaram aos municípios de trabalho até sexta-feira (14), quando venceu o prazo para comparecimento às cidades escolhidas no processo seletivo. Essa situação fez com que o Ministério da Saúde prorrogasse a data-limite até terça (18).

A pasta informou que 2.520 de 8.411 médicos não iniciaram as atividades até o fim da tarde de sexta. Outras 106 vagas nem chegaram a ter interessados. A maioria das vagas desprezadas fica em distritos sanitários indígenas. O prazo para profissionais formados no Brasil se inscreverem no programa também foi prorrogado.

*Com informações do Estadão Conteúdo