Major Vitor Hugo: governo não será obstáculo se parlamentares quiserem estados fora da reforma

  • Por Jovem Pan
  • 12/06/2019 17h32
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilDe acordo com ele, mudança não afetaria a economia pretendida de R$ 1 trilhão

O líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), disse nesta quarta-feira (12) que o governo não será um obstáculo se os parlamentares decidirem que estados e municípios devem ficar de fora da reforma da Previdência para viabilizar um acordo.

“Se forem retirados estados e municípios, não afeta a economia pretendida [pelo governo]. É interessante que haja discussão em cada nível da federação”, afirmou, após reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Segundo ele, o governo mantém a intenção de que a reforma represente uma economia de R$ 1 trilhão em dez anos, pois a retirada de outros pontos, como as mudanças no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e a aposentadoria rural, também não afetariam o resultado.

Hugo, no entanto, evitou fazer comentários sobre parecer que será divulgado pelo relator, Samuel Moreira (PSDB-SP). “Não tive acesso ao relatório, não quero especular.”

*Com Estadão Conteúdo