“Modestíssimo”, Lewandowski? Joel Pinheiro critica o aumento dos ministros

  • Por Jovem Pan
  • 09/08/2018 10h31
Valter Campanato/Agência Brasil

Os ministros do Supremo Tribunal Federal aprovaram um aumento de 16,38% nos próprios salários. Esse reajuste, que elevaria o valor de R$ 33,7 mil para mais de R$ 39 mil, teria impacto bilionário em todo o país e ainda precisa ser aprovado pelo Congresso Nacional. O assunto viralizou nas redes sociais na manhã desta quinta-feira (9) e foi tema dos comentaristas da Jovem Pan durante o Jornal da Manhã. Marco Antonio Villa destacou o “efeito cascata” da medida e Vera Magalhães disparou que o STF “pensou primeiro em si e depois no resto da nação”. Em seguida, no Morning Show, os integrantes da bancada continuaram com as críticas.

“O valor não muda a realidade orçamentária, não é desastroso, mas eu queria levantar o aspecto simbólico, cívico, de classes, corporações de funcionários públicos que, em um momento de crise com 12 milhões de desempregados, não se constrangem em aumentar seus salários sendo que já ganham muito acima da média da população. O Ricardo Lewandowski chamou esse aumento de modestíssimo. Modestíssimo? Olha que absurdo! O Brasil inteiro aperta os cintos, como essa casta, essa nobreza que a gente sustenta, tem coragem de fazer uma coisa dessas? A população tem que ficar em cima”, disse Joel Pinheiro da Fonseca.

Confira a discussão aqui: