Nomeação de 27 membros da equipe de transição de Bolsonaro é publicada no Diário Oficial

  • Por Jovem Pan
  • 05/11/2018 19h23
Antônio Cruz/ Agência BrasilOnyx Lorenzoni já foi designado ministro extraordinário da Transição de Governo

A Casa Civil nomeou na tarde desta segunda-feira (5) os primeiros 27 indicados para compor a equipe de transição do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Do total, cinco foram indicados pelo atual presidente Michel Temer (MDB) por já serem servidores públicos.

Na lista, estão o economista Paulo Guedes, o general Augusto Heleno e o astronauta Marcos Pontes. A partir de janeiro, eles serão os ministros de Fazenda, Defesa e Ciência e Tecnologia, respectivamente. Onyx Lorenzoni (DEM) já havia sido nomeado ministro extraordinário.

Na área econômica, foram indicados nove nomes. Cinco deles fazem parte da equipe de Bolsonaro: Abraham Bragança de Vasconcelos Weintraub, Arthur Bragança de Vasconcelos Weintraub, Carlos Alexandre Jorge da Costa, Carlos Von Doellinger e Roberto da Cunha Castello Branco.

Os outros quatro membros desse tema são servidores e foram indicados pela gestão de Temer: Adolfo Sachsida, Alexandre Xavier Ywata de Carvalho, Marcos Cintra Cavalcanti de Albuquerque e Waldery Rodrigues Junior. Paulo Antônio Fernando Tatim dos Santos será assessor de Lorenzoni.

A edição extraordinária do Diário Oficial da União ainda traz a nomeação de Antônio Flávio Testa, Bruno Eustáquio Ferreira Castro de Carvalho, Eduardo Chaves Vieira, Gulliem Charles Bezerra Lemos, Gustavo Bebianno Rocha, Ismael Nobre, Jonathas Assunção Salvador Nery de Castro, Luciano Irineu de Castro Filho, Luiz Tadeu Vilela Blumm, Marcos Aurélio Carvalho, Paulo Antônio Spencer Uebel, Paulo Roberto, Sérgio Augusto de Queiroz e Waldemar Gonçalves Ortunho Junior.

*Com informações do Estadão Conteúdo