‘O Congresso percebe, agora, que as ruas estão com Bolsonaro e com as medidas’, diz Carla Zambelli

  • Por Jovem Pan
  • 26/05/2019 17h01
Twitter/ReproduçãoA deputada federal Carla Zambelli participou do ato pró-governo neste domingo, na Avenida Paulista

Em entrevista exclusiva à Rádio Jovem Pan, a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), que marcou presença na Avenida Paulista neste domingo, celebrou a realização dos atos pró-governo e disse que as manifestações mostram ao Congresso que “as ruas estão não só com Bolsonaro como também com as medidas que todos achavam que eram impopulares”.

“Nessa semana, a gente já teve um avanço bom que foi a reconciliação do Major Vitor Hugo com o Rodrigo Maia. Eles tiveram uma conversa sensacional e resolveram recomeçar do zero. Eu acho que o que aconteceu agora é que plenário, deputados e o próprio Rodrigo Maia perceberam que as ruas estão não só com o Bolsonaro como também com essas medidas que todos achavam que eram impopulares”, afirmou.

“Eu fiquei com um pouco de receio de que essa manifestação pudesse jogar um pouco o Bolsonaro contra o Congresso, mas, se vocês virem como as pessoas estão nas ruas, é, realmente, uma forma de os deputados que hoje estão contra a Previdência perceberam que os seus eleitores estão a favor. Essa manifestação está provendo independência aos deputados que já não queriam votar com os líderes do seu partido e, que agora, vão poder votar conforme a sua consciência”, acrescentou.

Zambelli aproveitou para relatar, também, o que viu na Avenida Paulista. “A grande maioria dos cartazes é em apoio à Previdência, ao COAF com o Moro e ao pacote anticrime”, contou. “Quando eu discursei e falei o nome do Paulo Guedes, todo mundo aplaudiu bastante. Nas outras manifestações, a gente via as pessoas sempre falando muito do Moro e, desta vez, o nome do Paulo Guedes está em cartaz, até porque a gente sabe que ele está sofrendo pressão de todos os lados. Você nota o carinho da população com o Paulo Guedes e o Moro”, finalizou.