Onyx: Anúncio sobre saque do FGTS é adiado para a semana que vem

  • Por Jovem Pan
  • 18/07/2019 13h39
Ernesto Rodrigues - Estadão ConteúdoValor dos saques devem ser de até 35% do fundo

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse nesta quinta-feira (18) que o anúncio sobre a liberação do saque do Fundo de Garantia do Trabalhador Social (FGTS) e do PIS/Pasep vai ser adiado para a semana que vem. Na quarta (17), o presidente Jair Bolsonaro havia dito que o anúncio deveria ocorrer nesta semana.

Segundo Onyx, as equipes técnicas do Ministério da Economia ainda trabalham em cima dos ajustes necessários para que os saques sejam liberados. “Será um medida muito importante para as famílias e os trabalhadores e os detalhes técnicos ainda estão sendo ajustados”, afirmou.

O ministro disse, ainda, que a declaração pode acontecer na quarta (24) ou na quinta-feira (25), a depender da agenda de Bolsonaro. Ele não falou, no entanto,  sobre o volume a ser liberado, mas o valor deve ficar em até 35% dos recursos das contas ativas, dependendo do tamanho do saldo que possuem no fundo.

Ele garantiu que o funding para os empréstimos imobiliários e para o Programa Minha Casa Minha Vida com recursos do FGTS não será ameaçado. “Garantimos que nada vai afetar a construção civil. Não vamos usar a parte do FGTS usada para o financiamento de imóveis.”

*Com Estadão Conteúdo